28 de setembro de 2015

Artigos • A polêmica sobre os livros de autoajuda


Resolvi escrever esse texto com minha opinião a respeito dos livros de autoajuda após uma discussão que tive na faculdade, na qual muitos alunos (inclusive minha própria professora de Estudos Literários e Sociedade) eram contra o gênero e manifestavam a crença de que eram obras "ruins", "sem conteúdo" e "sem aplicação na sociedade". Apesar de ser mais um desabafo do que qualquer coisa, escreverei esse texto sem esperanças de que meus colegas de curso - muito menos minha professora - leiam, mas sim, com a esperança de que ele seja compreendido por pessoas de mente livre e coração aberto. Pois sim, literatura também é coração. É errado julgar como literatura apenas aquilo que a escola ensina. É errado julgar como literatura aquilo que tem métrica, que tem rima, ou que já ganhou um prêmio Jabuti. É errado julgar literatura como Machado de Assis. Literatura é tão mais do que isso - e sinto verdadeira compaixão por pessoas que não conseguem ir além dessa visão tão arcaica e restrita a respeito da verdadeira essência da ciência das letras.

26 de setembro de 2015

Resenha • E Não Sobrou Nenhum (Agatha Christie)


Podemos dizer que E Não Sobrou Nenhum é um verdadeiro clássico da literatura. É o livro mais vendido da autora Agatha Christie e um dos maiores best-sellers de todos os tempos. A história começa descrevendo simultaneamente uma viagem e os pensamentos de oito pessoas aleatórias que sem saber estão indo para o mesmo local: Ilha do Soldado, em Sticklehaven, Devon (Inglaterra). À convite de um tal senhor misterioso chamado Mr. Owen, quase todos os convidados não sabem ao certo para onde estão indo, mas resolveram encarar a aventura por algum motivo, seja por diversão ou por esperança de obter uma oferta de trabalho. Mesmo cheia de mistérios e suspeitas, a viagem segue e o grupo acaba inevitavelmente se encontrando no final com certa estranheza, uma vez que ninguém esperava companhia. Ao total, são oito viajantes: o médico Edward Armstrong, a senhora Emily Brent, o misterioso William Blore, a jovem Vera Claythorne, o capitão Philip Lombard, o general John Macarthur, o boêmio Anthony Marston e o juiz Lawrence Wargrave. Em questão de horas estão todos seguindo para a casa misteriosa isolada na ilha, sem ao menos desconfiar que além dessa, eles fariam apenas mais uma viagem na vida: a travessia para a morte.

25 de setembro de 2015

Notícias • Deixado Para Morrer chega aos cinemas

Se você foi ao cinema pelo menos uma vez no último mês, provavelmente já se deparou com o trailer de um dos filmes mais eletrizantes do ano: Evereste!
Particularmente, me torci de agonia quando assisti ao trailer e fiquei até com falta de ar. É muita ação, e o que mais impressiona é que tudo é baseado em uma história real... história à propósito, contada em detalhes no livro Deixado Para Morrer, lançado em agosto pela Editora Intrínseca. Ainda não tive a oportunidade de ler a obra, mas já está na minha lista. Assim que colocar minhas mãos ansiosas nesse livro aparentemente incrível, farei uma resenha detalhada para vocês!